www.conjecturasppms.com.br
Segunda, 14 de Junho de 2021 21:00
67.9.9104.2950
Geral Mato Grosso do Sul

UCDB é nova parceira da Agepen no Projeto Remição pela Leitura junto aos reeducandos da capital

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) firmou um convênio com a Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) para desenvol...

11/06/2021 05h26
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

A Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) firmou um convênio com a Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) para desenvolver o projeto de Remição pela Leitura. O trabalho terá início com os internos do Centro de Triagem “Anísio Lima”, na capital, e dará continuidade aos trabalhos anteriormente realizados.

Conforme o diretor-presidente da Agepen, Aud de Oliveira Chaves, a expansão do conhecimento estimula nos apenados novos valores morais e sociais, incentivando-os a buscar uma vida longe da criminalidade após o cumprimento de pena. “Nosso papel é oferecer oportunidades, para isso contamos com parceiros como vocês”, agradeceu.

Durante a assinatura do Termo de Cooperação Mútua, o Reitor em exercício, Ir. Raffaele Lochi, destacou que o acolhimento de pessoas está no sangue de todo salesiano e no DNA da Universidade Católica.

“Inclusive o fundador da Congregação Salesiana, Dom Bosco, iniciou seu trabalho dentro do sistema penitenciário. Nossa meta é oportunizar meios para que essas pessoas voltem melhores para a sociedade, esta deve ser nossa essência como profissionais e me sinto muito satisfeito em fazer parte disso”, concluiu o Ir. Raffaele, que também é pró-Reitor de Administração da UCDB.

Inicialmente, será desenvolvido na modalidade à distância (EaD), através de vídeos gravados e disponibilizados aos internos, atendendo às recomendações de combate à pandemia.

A ação vai integrar o projeto de Extensão da UCDB intitulado “Democratização: Construindo Valores”, que realizará oficinas educativas e acompanhamento de leitura dirigida aos presos. As ações poderão ser ampliadas a outras unidades penais da capital e do interior.

De forma voluntária, 15 acadêmicos irão participar do projeto de Remição pela Leitura, de diferentes cursos como Direito, Serviço Social, Educação Física, entre outros.

Responsável pelo desenvolvimento das oficinas, a professora Ana Cristina Medeiros Rodrigues, revelou que o principal objetivo dessa iniciativa é a transformação de pessoas, seja dos internos e dos próprios alunos envolvidos, que começam a ter uma visão mais profunda sobre o ser humano, um olhar mais direcionado.

Na oportunidade, também foram entregues 110 exemplares do livro “Praça Esportiva Belmar Fidalgo”, a obra é resultado da tese de Mestrado de Ana Cristina e Maria Augusta de Castilho.

Metodologia

A chefe da Divisão de Assistência Educacional, Rita de Cássia Argolo Fonseca, detalhou como as atividades serão desenvolvidas. “Por videoconferência, será explicado aos internos a metodologia do projeto e como desenvolver uma resenha ou relatório, após 30 dias de leitura será agendado um horário para a realização desse documento em uma sala da unidade, posteriormente será escaneado e enviado à equipe da UCDB para a avaliação”, disse.

Em Mato Grosso do Sul, 349 presos participam da iniciativa atualmente, distribuídos em 12 unidades penais da capital e interior. Para isso, a Agepen conta com parcerias da UFMS, UEMS, IFMS e as escolas estaduais vinculadas à Secretaria Estadual de Educação (SED).

Pela proposta, eles recebem livros de literatura mensalmente e têm acompanhamento dos colaboradores. Após a leitura, o interno deve elaborar a resenha sobre o livro, a qual é corrigida pelos professores. Posteriormente, será entregue ao responsável pedagógico do setor educacional do presídio para submeter ao Judiciário.

Conforme a determinação legal, a remição por meio da leitura será de quatro dias na pena, mediante a entrega e aprovação de uma resenha, sendo possível entregar apenas uma por mês, ou seja, cada reeducando poderá ler 12 livros ao ano, obtendo, no máximo, remição de 48 dias no total.

A diretora de Assistência Penitenciária, Elaine Arima Xavier Castro, enfatizou a importante parceria que a Universidade Católica Dom Bosco presta ao sistema penitenciário. “Foi pioneira no oferecimento de ensino superior aos custodiados, em meados de 2011, e tem desenvolvido um trabalho relevante de incentivo à mudança de comportamento através do conhecimento”, parabenizou.

Também participaram do encontro a coordenadora do projeto "Democratização", Eloir Trindade Vasques Vieira; e a advogada Adriane Cordoba Lugo Samudio.

Recentemente, a Agepen também firmou parceria com a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS). A aula inaugural foi realizada no início de maio e está sendo desenvolvida com 114 custodiados da Penitenciária Estadual Masculina de Regime Fechado da Gameleira (PEMRFG), distribuídos em quatro diferentes grupos.

Texto e Fotos: Tatyane Santinoni, Agepen

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
-
Atualizado às 20h00 - Fonte: Climatempo
°

Mín. ° Máx. °

° Sensação
km/h Vento
% Umidade do ar
% (mm) Chance de chuva
Amanhã (15/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Quarta (16/06)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. ° Máx. °

Anúncio
Ele1 - Criar site de notícias